INFATEC desenvolve aplicativo que promete reduzir a evasão escolar e melhorar as notas dos alunos no Brasil

Especialistas em TI no Piauí desenvolvem ferramenta tecnológica usada via tabletes e smatphones para aumentar freqüência escolar A permanência de crianças e adolescentes na escola ainda é um grande desafio para o governo. Dados do Programa das Nações Unidas, (Pnud) revelam que um  a cada quatro alunos que inicia o ensino fundamental no Brasil desiste no […]

11 de maio de 2015

Especialistas em TI no Piauí desenvolvem ferramenta tecnológica usada via tabletes e smatphones para aumentar freqüência escolar

A permanência de crianças e adolescentes na escola ainda é um grande desafio para o governo. Dados do Programa das Nações Unidas, (Pnud) revelam que um  a cada quatro alunos que inicia o ensino fundamental no Brasil desiste no meio do caminho, antes de completar a última série.

Entre os motivos dessa evasão de alunos está muitas vezes a falta de controle dos pais, que nem sempre conseguem acompanhar de perto a freqüência escolar do filho por causa da falta de tempo. Muitos pais trabalham o dia todo e não conseguem fazer esse acompanhamento.

Para amenizar o problema da evasão escolar no país especialistas em TI da empresa INFATEC, no Piauí, desenvolveram o primeiro aplicativo do Brasil, Diário Sincronizado ON&OFF, capaz de oferecer aos pais o controle de freqüência e notas dos filhos todos os dias sem necessariamente precisar ir na escola e assim aproximar a família da sala de aula.

O aplicativo Diário Sincronizado ON&OFF, uma solução tecnológica de dentro da sala de aula. O aplicativo funciona em tablets e smartphones, o qual foi criado para atender a essa demanda.

O aplicativo é manuseado pelo próprio professor para lançamento rápido de conteúdo de aula, frequência do aluno, notas e atualizar dados de altura e peso do aluno para cálculo do IMC (Índice de Massa Corpórea), sendo possível o funcionamento mesmo o dispositivo estando sem internet tendo em vista que o aplicativo realiza automaticamente uma sincronização de dados com o sistema de gestão escolar no momento em que capta sinal de internet no dispositivo, agilizando, dessa forma, o trabalho diário dos professores pela facilidade do  uso e a mobilidade que os smartphones e tablets oferecem.

E os pais, principais atores na freqüência escolar dos filhos, tem acesso a todas as informações via SMS, sem precisar ter internet. No momento em que o professor faz a chamada em sala de aula os paisdos alunos  já são informados, via SMS, se o filho está na escola.

O aplicativo  foi implantado há dois anos em alguns municípios do país como Caxias, no Maranhão e Ibirité, em Minas Gerais.

Dados da secretaria de educação de Caxias mostram uma redução de 90 por cento nas faltas dos alunos, em 2014, o que resultou no maior índice de aprovação e por conta disso muitas famílias puderam renovar a assistência do governo federal, o Bolsa Família.

Uma pesquisa feita pela capitalMkt revelou a satisfação dos professores em não precisar mais usar o diário de papel. ” Com esse aplicativo o professor economiza tempo e o meu ambiente agradece por não ser preciso usar papel para lançar a freqüência e notas dos alunos” disse Agamenon Santa Cruz ( Presidente- Infatec).

Professores das aldeias quilombolas, em Caxias, também ja estão usando a ferramenta.

Para o presidente da INFATEC, Agamenon Santa Cruz, o aplicativo traz uma revolução ao sistema de dados das escolas de todo Brasil, por isso a ideia é que todas as cidades do país consigam a implantação do programa, que tem um custo baixo para as prefeituras, de R$ 2,50 por aluno.

Vale ressaltar que uma ferramenta tecnológica como essa pode ajudar o Brasil a reduzir a taxa de abandono escolar. O relatório do Pnud, de 2012 trouxe o índice de  24,3% de evasão escolar.

O percentual coloca o Brasil com a terceira maior taxa de abandono escolar entre os 100 países com maior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano).

O relatório apontou ainda que  1,6 milhão de alunos do ensino básico que abandonaram a escola, em 2012, mais de 1,5 milhão cursava a rede pública, tanto no nível fundamental (762 mil) quanto no médio (760 mil).

“Ter uma ferramenta tecnológica que possibilita o controle da freqüência escolar significa aumentar as notas e o índice de aprovação nas escolas” , falou Agamenon Santa Cruz,  presidente da INFATEC.

Mara Mendes

Deixe uma resposta

Veja também

15 de junho de 2018

Entrega de Diários Escolares Digitais ON&OFF para o município de Viana – MA

              Nesta sexta-feira, dia 15/06/2018, a Infatec Soluções Tecnológicas em parceria com a Prefeitura de Viana – MA e da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia esteve entregando 40 Kits – Diários Escolares Digitais ON & OFF para benefício e utilização das escola do município de Viana.  

31 de maio de 2016

Piauí: Diretores e coordenadores das GREs participam de oficinas do Jovem de Futuro

A Oficina “Protocolo de Metas e Planejamento” da ferramenta de gestão do projeto Jovem de Futuro foi aberto na manhã da segunda-feira (30) com a proposta de planejar, avaliar e fazer um diagnóstico para tentar resolver os problemas e alcançar o objetivo de melhorar o índices de educação da rede pública. A abertura do evento, […]

31 de maio de 2016

Equipes de todo o Brasil iniciam provas do Desafio de Tecnologia

Jovens competidores de todo o Brasil já estão em Porto Velho para a disputa do 1° Desafio de Tecnologia e Inovação dos Institutos Federais. Na manhã desta segunda-feira, 30, foram feitos os últimos ajustes nos robôs para o início das provas às 16h. No total, mais de 200 alunos-competidores de 16 institutos federais, instituições de […]

Fale conosco

W3C

Encontre-nos em diversos cantos do país