Educação tecnológica: MEC participa de conferência internacional sobre inovação

Debater a relevância do ensino superior e tecnológico no mundo foi o objetivo do Going Global 2015, conferência organizada no último mês de junho, em Londres, pelo British Council, organização que atua na promoção de cooperação cultural internacional. A Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação foi representada no evento pelo […]

10 de julho de 2015

Debater a relevância do ensino superior e tecnológico no mundo foi o objetivo do Going Global 2015, conferência organizada no último mês de junho, em Londres, pelo British Council, organização que atua na promoção de cooperação cultural internacional. A Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação foi representada no evento pelo coordenador-geral de planejamento e gestão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, Nilton Nélio Cometti, que viajou a convite da organização do evento.

Com a participação de delegações de mais de setenta países, a conferência teve como tema Connecting Cultures, Forging Futures. A discussão foi centrada no impacto da fusão de culturas como força criativa e no papel das instituições de ensino e pesquisa para o desenvolvimento e crescimento de redes de inovação.

O evento também discutiu as especificidades de modelos de educação profissional e tecnológica (EPT) no mundo, considerada em seus vários contextos, sempre na perspectiva da integração com o governo e com o setor produtivo.

“Isso tem sido fundamental na formação de nossos estudantes, pois além de adquirir experiência com a produção, adquirem cultura de desenvolvimento tecnológico e inovação”, observa Cometti.

Segundo o coordenador, o grande mérito da utilização desse modelo é o aumento das chances dos egressos no mercado de trabalho. “Cada vez mais devemos promover o engajamento dos estudantes em iniciação científica, inovação e empreendedorismo, como forma de melhorar a formação profissional e a competitividade industrial do Brasil.”

Portfólio – Ao representante da Setec, foi apresentado um portfólio de programas educacionais do governo britânico, entre eles o Newton Fund, iniciativa para promover redes de educação profissional e tecnológica no mundo. Na ocasião foi discutida a possibilidade de envio de professores brasileiros para capacitação na área de educação profissional e inovação, no modelo semelhante ao Programa Professores para o Futuro.

 

Fonte: Ministério da Educação

Deixe uma resposta

Veja também

22 de outubro de 2019

Teste

Teste

29 de julho de 2015

Educação: governo federal lança plataforma digital para que sociedade apresente suas ideias

“Dialogar, em um país como o nosso, é fundamental”, disse a presidenta da República, Dilma Rousseff, durante a cerimônia de lançamento do Dialoga Brasil, nesta terça-feira, 28, em Brasília. De utilização simples e dinâmica, a plataforma digital tem o objetivo de recolher ideias da população, possibilitando uma interação direta entre a sociedade civil e o […]

27 de julho de 2015

SUS gasta R$ 6,3 milhões com acidentados no trânsito no Piauí

O Sistema Único de Saúde (SUS) gastou R$ 6,3 milhões em internações por acidentes de trânsito em 2014 no Piauí, segundo dados do Sistema de Informação Hospitalar. No topo dos atendimentos mais recorrentes estão os relacionados aos acidentes envolvendo motociclistas. Neste mesmo ano, foram 811 acidentes, com 804 feridos e 120 mortos, o que representa […]

Fale conosco

W3C

Encontre-nos em diversos cantos do país